Com base na lista da Computerworld EUA, apresentamos a seguir as especialidades em TI que terão os salários mais valorizados ao longo desse ano.

1. ERP

Profissionais que sabem trabalhar com sistemas de gestão devem ter um período animado pela frente. Seus ganhos devem crescer 5% frente ao ano anterior. A ideia por trás disso é que pessoas que saibam lidar bem com essas ferramentas devem conhecer tanto processos de negócio – automatizando e integrando certas práticas – quanto aspectos técnicos que facilitem o uso da tecnologia.

Para esse reconhecimento, os experts em ERP precisarão conhecer e ter capacidade de explicar para os executivos o que funciona e o que não dentro dos sistemas em termos de processos operacionais, como melhorar esses processos e qual tecnologia serve melhor dentro de cada contexto.

2. Cloud Computing

Mover sistemas e aplicações para nuvem se tornou uma das grandes prioridades das orgnizações. Para cumprir essa tarefa, empresas precisam de recursos humanos capacitados, o que influenciará nos salários dos trabalhadores com conhecimento nessas disciplinas. De acordo com os estudos, a expectativa é que os ganhos desses

3. Segurança

Aqui, nenhuma surpresa. Conhecimentos em disciplinas de segurança vive alta demanda nos dias atuais. A pesquisa indica que trabalhadores nessa seará verão seus vencimentos subirem 4,6% frente a 2015. Além disso, mais de um quarto dos CIOs ouvidos afirmaram que planejam contratar esse tipo de recursos humanos nos próximos meses.

4. Web design/development

As companhias seguem investindo em suas plataformas online. Logo, conhecimento em design e desenvolvimento web manterá tendência de alta. Com a maior demanda, os salários desses profissionais deve subir em média 4,6%, com uma expectativa de ganhos anuais (nos Estados Unidos) entre US$ 70 mil e US$ 90 mil. O foco será maior ainda para especialistas em Java e .Net.

5. Business intelligence/analytics

Com a ambição de levar informações às mãos de todos executivos das corporações, veremos um avanço na busca por profissionais com boa base de conhecimento em analytics e business intelligence, áreas que viverão um aumento de salário na casa dos 4,2% em 2016.

6. Networking

A projeção dos estudos é que pessoas que dominem temas de redes terão salários 4,2% maiores esse ano, com uma média anual – paga no mercado norte-americano – entre US$ 62 mil e US$ 112 mil (para arquitetos de rede). O número de vagas em aberto para funções de network saltaram 37% entre 2014 e 2015.

7. Desenvolvedores de aplicação

Os departamentos de TI segue mem busca de bons desenvolvedores de aplicações para entregar não apenas softwares de retaguarda, como também capazes de atuar com apps destinados a clientes finais dessas comapnhias. A pesquisa indica que os salários avançarão 4% para essas tarefas.

8. Data center management

O avanço da nuvem também influenciará o salário de profissionais responsáveis pela gestão de data centers, especialmente os capazes de lidar com ambientes híbridos. Os vencimentos pagos a profissionais nessas posições deve crescer 3,9% esse ano.

9. Generalistas em TI

Talvez seja menos usual procurer um generalista em TI em uma lista de especialidades mais procuradas. Porém, esse tipo de profissionais são considerados importantes – especialmente entre as médias e pequenas organizações – por sua capacidade de desempenhar uma gama vasta de funções do dia a dia. As pesquisas indicam que as companhias, cada vez mais, veem valor em pessoas capazes de usar múltiplos chapéus. Talvez por isso, os salários desses trabalhadores deve ser 3,9% superior esse ano.

10. Help desk/suporte

O aumento no numero de sistemas e dispositivos exigirá mais recursos humanos que assegurem que toda aquela parafernália tecnológica está, de fato, funcionando. Isso tende a impactar as recompensas para o pessoal de help desk e suporte, que ganharão 3,6% a mais de salário frente ao ano passado.

Fonte: pcworld

2017-05-30T03:49:26+00:00